Criado em caráter informal no mês de setembro de 1963, por alguns produtores rurais e fundado oficialmente no dia 12 de novembro de 1967, o Sindicato Rural de Araguaína (SRA) tem como principal objetivo proteger os direitos e representar os interesses da categoria perante as autoridades administrativas e judiciárias. Todo o desenvolvimento e fortalecimento do Sindicato, nestes 47 anos de existência, cresce com Araguaína, grande pólo em agropecuária, reconhecida em todo Estado do Tocantins, sul do Pará e Maranhão, como a capital do Boi Gordo.

Alguns pecuaristas foram importantes e contribuíram com a fundação do SRA, entre eles podemos citar; José da Silva Barros Sobrinho, Benedito Vicente Ferreira, Antônio José de Lira, Carlos da Luz, Guilherme Dourado Carneiro, Francisco Paulo da Silva, Moisés de Sousa Lima, Alceu Braga da Luz, Saturnino Alceu dos Santos entre outros.

A ata de fundação do SRA, foi lavrada no dia 12 de novembro de 1967 e em nove de setembro de 1970 foi outorgada a Carta Sindical número 311.010/70 pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social, oficializando o Sindicato Rural de Araguaína, como representante dos seus sócios perante autarquias, mecanismos públicos, municipais, estaduais, federais e privados.

A diretoria e conselho fiscal do SRA é escolhida a cada três anos, através de votação. O SRA conta com  mais de 300 associados e oferece serviços odontológicos, contábeis, veterinários, além de cursos e convênios com empresas privadas para o produtor rural. Hoje, o Sindicato Rural de Araguaína tem sede própria, localizada no Parque de Exposições que leva o nome do memorável pecuarista, Dair José Lourenço.

A marca do Sindicato é a Exposição Agropecuária (Expoara), que acontece todos os anos, em junho e é o principal evento organizado pelo Sindicato. Vitrine dos negócios realizados na região, a Expoara mostra o desenvolvimento e progresso que o setor agropecuário alcança todos os anos.

A Cavalgada considerada uma das maiores do país, integra a programação da Expoara e age como um convite oficial à população para essa grande festa de Araguaína e região. A Exposição tem caráter comercial e de entretenimento atraindo produtores rurais e seus familiares, além de empresários e a população em geral.